buscar

Tesla Model 3 vence o tempo de uma McLaren F1

Os novos carros elétricos estão cada vez nos surpreendendo mais. Antes tidos como lentos e sem graça, os veículos com motores eletrizados vem ganhando cada vez mais fãs principalmente por conta de seu torque instantâneo, o que os torna extremamente agressivos.

Carros
1 ano atrás
Tesla Model 3 vence o tempo de uma McLaren F1

Mas você acreditaria se um veículo elétrico de entrada batesse o tempo de um dos carros mais consagrados e velozes da história? Pode até parecer coisa de ficção, mas esse fato realmente aconteceu.

Os veículos

O desafio era o seguinte: Um Tesla Model 3 preparado pela preparadora Unplugged Performance tinha a difícil (e ingrata) tarefa de bater o tempo no circuito de Tsukuba “apenas” de uma McLaren F1.

De um lado, a McLaren F1 é um dos carros mais icônicos do mundo. Produzida entre 1992 e 1998 com aproximadamente 106 unidades produzidas, o veículo possui 618 cavalos de potência, faz de 0-100 em apenas 3,2 segundos e tem velocidade máxima de 350 km/h, lembrando que esse foi o carro mais rápido do mundo na década de 90. Seu preço pode variar entre 8 e 25 milhões de dólares, podendo inclusive passar dessa estimativa.

Do outro lado, o Tesla Model 3 representa o futuro querendo seu devido espaço. Sendo o modelo de entrada dos veículos de Elon Musk, o Model 3 nesta configuração custa 57 mil dólares e para receber o pacote de desempenho, no mínimo mais 35 mil.

O teste

O teste foi realizado no circuito de Tsukuba, no Japão. O tempo da McLaren F1 foi estabelecido ainda em 2000, com incríveis 01:04.62, uma marca que é impressionante até nos dias atuais.

Mas foi então que o Model 3 preparado entrou em ação: Com alterações como novas molas, discos de freio, difusores traseiros, assentos, rodas forjadas, saídas laterais, barra estabilizadora e vários outras melhorias, o Tesla conseguiu alcançar a marca de 01:03.38, fazendo um tempo com impressionantes 1,2 segundos a menos do que a F1.

Devemos realmente levar em conta que o projeto da McLaren é mais antigo, que o Tesla estava preparado e tem uma tecnologia muito mais avançada, mas a McLaren ter seu tempo batido nos mostra dois incríveis panoramas: De um lado, vemos que carros elétricos podem sim ser tão rápidos e velozes como os a combustão (vale lembrar que uma F1 nova à época custava 1 milhão de dólares), e de outro vemos a genialidade da engenharia inglesa nos anos 90, que possuem um dos carros mais rápidos da história mesmo já tendo se passado quase 30 anos de seu lançamento.

*Com informações do Electrek.

Novo serviço da Tesla deixa carros com direção semi autônoma e ajuda na hora de estacionar
O mais novo e avançado serviço da Testa está disponível em veículos equipados com o computador Full Self-Driving 3.0 ou superior, pelo valor mensal de US$ 199 (equivalente a...
Mobilidade descarbonizada é meta da Renault
A HYVIA vai oferecer eletrolisadores, postos de armazenagem móvel e, a partir do final de 2021, postos de recarga de hidrogênio montados em Flins, na França, disponíveis para...
Renault Captur 2022 segue no caminho do bom design
O Captur 2022 está num novo patamar, entre as mudanças têm novos elementos tecnológicos no para-choque, como a nova luz de circulação diurna DRL em LED que emoldura os...
A evolução dos rádios automotivos
Quem não gosta de ouvir um “sonzinho” enquanto dirige? Cada vez mais o som automotivo está ficando mais sofisticado, indo de música e informações à uma completa central...
Projeto para conversão do BMW i3 para etanol torna o carro neutro em emissão de CO2 sem perda de autonomia
“A inovação é algo que está no DNA do BMW Group desde sua fundação, há 105 anos. Esse projeto é mais uma demonstração desse caráter e mais um passo rumo ao futuro da...

O Fusne é um site para quem ama internet, nós somos especializados em testar apps e tudo mais que envolve tecnologia. O que você vai encontrar por aqui é escrito por humanos, que vivem fazendo compras online, assim como você, então entende as suas dificuldades e felicidades nessas horas. O material do Fusne é testado várias e várias vezes pela equipe...